IMHD

Idade Média e Humanidades Digitais

grupo_de_pesquisa_icon

 

O historiador do século XXI com oportunidades e desafios inéditos a seus pares de gerações passadas. O advento de bancos de dados virtuais, hipertexto e ferramentas de busca remodelaram as formas de ler as fontes e a historiografia. O aprimoramento e retomada de técnicas computacionais de análise expandiram o leque metodológico da disciplina. Novas visões sobre "autoria", a digitalização de livros e periódicos e seu impacto nas mídias impressas modificaram sua relação com o mercado editorial. A democratização da produção de conteúdo e o surgimento de novas historiografias, como videogames históricos e simulações eletrônicas, forçam-no a repensar as ferramentas de difusão e mesmo de construção do conhecimento histórico. O Grupo de Pesquisa Idade Média e Humanidades Digitais tem por objetivo debater essas questões e fazer uso da tecnologia para elaborar novas ferramentas para a pesquisa, o ensino e a divulgação da História Medieval.

 

Atualmente, o grupo de pesquisa conta com três projetos em desenvolvimento:

Guia Medieval

O Guia Medieval é um indexador de produção científica sobre História Medieval disponível na web produzidos nos ambientes universitários da América Latina. Seu intuito é auxiliar os pesquisadores dos mais diferentes níveis acadêmicos, elecando para isso diferentes formas de conteúdo, tais como vídeos, livros, áudios, artigos, exposições virtuais.

Recentemente, o Guia vem passando por uma nova transformação: além de indexador de conteúdos sobre História Medieval, o ambiente agora tornou-se lugar de contato entre as diferentes áreas do estudos medievais, abrangendo diferentes disciplinas como arqueologia, história, história da arte, filologia entre outras. Para isso, ele contará com um novo design e layout, facilitando as buscas e visualização de resultados. Com o georreferenciamento de seu conteúdo, o Guia também passou a contar com um novo mapa interativo que, junto de uma reformulada linha do tempo, permitirá ao usuário explorar de um jeito novo os materiais indexados no site. Estas novas funcionalidades visam tornar o Guia Eletrônico Medieval um centro de referência para a comunidade científica latino-americana interessada pela Idade Média.

 

Os Triunfos de Tarlac

Os Triunfos de Tarlac é o primeiro jogo acadêmico desenvolvido pelo LEME. O projeto é um exemplo de jogo com propósito ou jogo de descoberta científica, ferramenta que visa a traduzir explicações históricas em modelos interativos, de maneira que suas ideias, evidências e hipóteses possam ser manipuladas e desafiadas por leigos e outros pesquisadores.

Baseado em pesquisa original desenvolvida no núcleo LEME-USP, Os Triunfos de Tarlac é um jogo de estratégia que mescla elementos de boardgames (i.e. jogos de tabuleiro) e jogos eletrônicos. Seu cenário é ambientado no sudoeste da Irlanda nos séculos XIII e XIV. Suas mecânicas modelam os desafios enfrentados por reis irlandeses e magnatas ingleses para gerenciar seus domínios diante da devastação acarreta por guerras, epidemias e crises ambientais.  Seu título é a tradução em português do tratado Caithréim Thoirdhealbhaigh, importante fonte narrativa sobre os conflitos no período.

O jogo é desenvolvido em parceria com pesquisadores do grupo ARISE (Arqueologia Interativa e Simulações Eletrônicas). Associado ao Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, o grupo já possui em seu portifólio jogos históricos educacionais de grande sucesso como O Último Banquete em Herculano e Sambaqui: Uma História Antes do Brasil.

Os Triunfos de Tarlac é o projeto piloto de uma linha de jogos históricos a ser desenvolvida pelo LEME. Esta série visará a dar visibilidade às teses e dissertações produzidas pelo laboratório, aproximando a história medieval a um público mais amplo e contribuindo, teórica e empiricamente, à crescente literatura científica sobre jogos históricos eletrônicos.

 

Medieval Search

O Medieval Search é um aplicativo direcionado a alunos de iniciação científica. Seu propósito é auxiliá-los a escolher e familiarizar-se com ferramentas digitais adequadas a seus objetivos de pesquisa.

O projeto parte da constatação de que já existe um número significativo de recursos digitais dedicados à pesquisa história, porém tais ferramentas amiúde não são conhecidas por alunos que poderiam se beneficiar de seu uso.

Além de aproximar alunos e pesquisadores de tais ferramentas, o Medieval Search se propõe a analisar o impacto do uso de tais recursos em suas formações acadêmicas. O projeto também criará  um modelo de desenvolvimento de aplicativos com o intuito de embasar iniciativas futuras.